Skip to content

Não ignorando os seus ardis 3/30

As Estratégias de Satanás – Texto sugerido: 2 COR 2:10,11

É de suma importância vigiarmos o nosso andar para melhor obedecermos a Deus. Temos muita oposição e a oposição é astuta. Satanás, o inimigo numero um de Deus, e o deus deste século tem pouco tempo para agir. Ele usará de todo o seu poder para derrubar a obra de Deus. Não é conveniente ignorar ou menosprezarmos os artifícios de Satanás.

II. As Estratégias de Satanás para Promover Pecado no Mundo e as Soluções para Escaparmos delas

A. Colocar uma isca dourada num anzol enferrujado – Leitura: Gn 3.1-8

1. A Isca

Um estratagema de uso múltiplo que Satanás usa é prometer glória e honra, vida, prosperidade junto com a felicidade. Mas, atrás dessa promessa, o intento dele é dar:

– A morte, o fruto do pecado

– Vergonha e medo

– Escravidão e tristeza.

Observem os dois exemplos em Gn 3.4,5 e Mt 4.8,9.

Gn 3.4,5, “Certamente não morrereis” – Prometeu Paraíso!

“abrirão os vossos olhos” – Prometeu glória!

“sereis como Deus.” – Prometeu soberania e domínio!

Mt 4.8,9, “Tudo isso te darei”

Prometeu todos os reinos do mundo e a glória deles.

2. O Anzol Enferrujado

Apesar do que foi prometido, em vez das aparências cativantes, a intenção de Satanás, no caso de Adão e Eva, era, como sempre, frustrar o plano de Deus, para que ele recebesse a glória que pertence unicamente a Deus.

A isca foi uma promessa maravilhosa, mas o anzol foi enferrujado. Quando a isca foi tomada, o que Adão e Eva receberam era culpa da desobediência, vergonha, medo, destruição, tristeza, dor e morte. Pela !morte? entendemos a ira de Deus, separação das bênçãos de Deus e no fim, a perdição eterna. Rm 5.12, !morte a todos os homens?. Eis o anzol enferrujado escondido pela isca dourada.

O contraste entre aquilo prometido por Satanás e aquilo que ele deu:

– Em vez de paraíso verdadeiro receberam um “Paraíso do Tolo”

– Em vez de glória foram dados “Vestimentas Vergonhosas”

– Em vez de ser poderosos e ter domínio, foram feitos escravos em “Sujeição”

Apesar daquilo prometido a Cristo em Mt 4.8, 9, a intenção de Satanás era de ter Cristo o adorando e ajoelhado diante dele para sempre. Esse anzol enferrujado, ou seja, essa intenção eterna e desastrosa foi escondida atrás de um pedido momentâneo e fácil, a isca dourada.

Se Satanás podia superar o Onipotente e conseguir que Cristo ajoelhasse por um segundo, por que não mais um? se dois, porque não quatro … um minuto … hora … dia …sempre? Assim Cristo será em sujeição eterna a Satanás, o verdadeiro anzol enferrujado escondido pela isca dourada.

Se Satanás podia enganar o Onisciente e conseguir que Cristo o adorasse por um pouco de tempo só, por aquele pouco de tempo Satanás teria supremacia. E uma vez que Satanás tivesse a supremacia, Cristo seria sob o domínio dele sempre. A isca dourada escondia um anzol enferrujadíssimo!

A intenção eterna de Satanás é de ter a glória devida a Deus (Is 14.13,14).

3. A Solução para Escapar deste Estratagema:

Correr apressadamente a Cristo

– Cristo venceu toda e qualquer tentação dourada ! Hb 4.15, !Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado?

– Cristo pagou o preço pelos pecadores arrependidos que tenham fé nEle ! Rm 5.8, !Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores?.

– Cristo venceu Satanás pela Sua morte ! Hb 2.14-18, !E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo; E livrasse todos os que, com medo da morte, estavam por toda a vida sujeitos à servidão. Porque, na verdade, ele não tomou os anjos, mas tomou a descendência de Abraão. Por isso convinha que em tudo fosse semelhante aos irmãos, para ser misericordioso e fiel sumo sacerdote naquilo que é de Deus, para expiar os pecados do povo. Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados?.

– Cristo venceu a morte pela Sua ressurreição !I Co 15.55-57, !Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória? Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo?

– Deus é satisfeito eternamente com a substituição que Cristo fez ! ?Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os seus dias; e o bom prazer do SENHOR prosperará na sua mão. Ele verá o fruto do trabalho da sua alma, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos; porque as iniqüidades deles levará sobre si. Por isso lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores?, Is 53.10-12.

– Portanto: !Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve?, Mt 11.28-30.

Se já tiver a Vitória Eterna sobre a condenação do pecado, enquanto estiver nesse mundo, o escape deste ardil de Satanás é: Ficar longe da isca

– Sl 34.14, “aparta-te do mal, e faze o bem”

– Pv 1.10, “se … procuram te atrair com agrados, não aceites.”

– Pv 4.15, “Evita-o; não passes por ele; desvia-te e passa de largo.”

– Rm 12.9, “Aborrecei (odiar!) o mal e apegai-vos do bem.”

Sempre considerar que apesar da aparência doce do pecado ele é indubitavelmente amargo na realidade. Sempre há um anzol enferrujado escondido pela isca dourada!

– Jo 20.12-14; Pv 20.17, “suave na boca … encherá de cascalho.” ; Depois de comer o pecado, vem o juízo. Tem que pagar a conta!

– Vejam os exemplos de Adão e Esau. Depois tinham lágrimas!

Lembra-se da natureza de Satanás

– Jo 8.44, “Não há verdade nele” (Hb 3.13, !para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado?)

– Estudem os exemplos de Dalila e Judas Iscariotes:

– Dalila beijou, cantou e encantou Sansão … mas a intenção, vista pela ação, era sempre engano. Escondido pela isca dourada de prazer era um anzol incuravelmente enferrujado com sujeição, vergonha, e perda de honra (Jz 16)

– Judas foi tão encantado com a isca prateada que entregou a Luz do Mundo trazendo para si mesmo amargura de espírito, vergonha diante o mundo e o inferno eterno. Tal é o fim de tomar a isca prateada.. Este também engole o anzol enferrujado da condenação eterna (Mt 26.15, 47-49; 27.3-5).

Satanás não parou com estes, mas continua o mesmo até o dia de hoje.

Não sacrifique o eterno no altar do temporário!

BIBLIOGRAFIA:

Bíblia Sagrada, Sociedade Trinitariana, São Paulo, 1994
BROOKS, Thomas, As Obras de Thomas Brooks (The Works of Thomas Brooks), The Banner of Truth Trust, Pennsylvania, EUA, 1980
STRONG, James LL.D., S.T.D., Concordância Exaustiva da Bíblia Inteira (Exhaustive Concordance of the Whole Bible), Online Bible, v. 7.0

Published inNão ignorando os seus ardisVida cristã