Skip to content

Não ignorando os seus ardis 28/30

Leitura: Salmos 105:15, “NÃO TOQUEIS OS MEUS UNGIDOS, E NÃO MALTRATEIS OS MEUS PROFETAS.”

V. ARDÍS DE SATANÁS PARA DESTRUIR OS GRANDES E OS IMPORTANTES
A. Buscar os seus próprios interesses
B. Perseguir o povo de Deus

1. A TENTAÇÃO

Satanás procura destruir os grandes e os importantes provocando-os a causarem mal tratos para com o povo de Deus, colocando barreiras em seu caminho, e dificultando as suas vidas pela opressão secreta ou pública.

2. A SOLUÇÃO É CONSIDERAR:

a. Todas as pessoas contra o povo de Deus têm sido destruídas por Deus

Êx. 14:5-9, “Por que fizemos isso, havendo deixado ir a Israel, para que não nos sirva? … E os egípcios perseguiram-nos” v. 23-26, “E os egípcios os seguiram … até ao meio do mar… O SENHOR alvoroçou o campo dos egípcios” v.27,28 “… nenhum deles ficou”. Quais dos príncipes e dos presidentes que intentaram contra Daniel não foram destruídos? (Dan 6). Veja Apoc 20:7-9 e saiba o fim de Satanás que só quer tirar a glória de Deus através de Seu povo, “E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo … os devorou … E o diabo foi lançado no lago de fogo e enxofre … para todo o sempre.” Se é assim desde o princípio (Gên. 3:15) e se assim será no fim, também é agora. “Não toqueis os meus … não maltrateis os meus.”

b. A promessa de Deus cuidar particularmente do seu povo

A promessa de Deus é proteger o Seu povo, a menina dos seus olhos. Antes de considerar tocar nos Seus, é necessário considerar antes estes versículos: Gên. 12:3; Sal 37:8-15; Prov 21:30; Isa 54:17; Mat. 21:44

c. Perseguir o povo de Deus é uma batalha contra o próprio Deus

O homem ou o povo que teme a Deus verdadeiramente tem Deus ao seu redor protegendo-o (Sal 34:7,15). Portanto, os que vêm contra eles primeiramente têm que enfrentar a Deus (Jó 1:12). Os que vão contra o desejo de Deus vem “combatendo contra Deus.” (Atos 5:39). Há uma união entre Cristo e o seu povo obediente que é tão intima que forma um mistério (Efés 5:30,32; I Cor 12:27) pois quem vem contra um vem contra o outro automaticamente. Por isso, “Saulo, Saulo, por que me persegues?” (Atos 9:4). A ação que Deus aceita do ímpio é o arrependimento e a fé no Seu Filho Jesus Cristo (Sal 2:12, “Beijai o Filho, para que se não ire, e pereçais no caminho.”).

d. É por causa do povo de Deus que os perseguidores ainda vivem

É loucura morder a mão que te alimenta, mas é assim que os ímpios estão agindo quando Satanás move-os a perseguir os santos. Pois, por causa dos santos ainda estarem no mundo é que o mundo ainda não foi destruído. Se não fossem as orações dos justos, a mão do Senhor Deus já teria pesado sobre os ímpios (Sal 106:23; Êx. 32:30-35; Rom 9:1-3; I Cor 7:14). Quando o último santo que será convertido se converter, então haverá uma amostra da justa ira de Deus com fogo eterno (Apoc 20:10-15), mas até lá, todos, o joio e o trigo, crescem juntos (Mat. 13:30).

Não intente o mal, não toque naqueles que querem só o seu bem estar espiritual pela eternidade. Não coloque barreiras contra os que talvez estejam orando pela sua salvação. Seria melhor os acompanhar nas suas adorações, beijando o Filho, “para que se não ire, e pereçais no caminho, quando em breve se acender a sua ira”. É verdade: “bem-aventurados todos aqueles que nEle confiam.” (Sal 2:12).

Published inNão ignorando os seus ardisVida cristã

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!