Skip to content

Não ignorando os seus ardis 15/30

Leitura: Tito 2:11-15

III. As Barreiras Que Satanás Usa para Impedir a Obediência do Crente
A. Veste o Mundo com Roupa Gloriosa para Atrair o Crente – II Cor 10:3-6
B. Dizer que Servir a Deus é Sobremaneira Custoso – João 12:42
C. Forçar o Pensamento de que Servir a Deus é por Demais Difícil – Heb 12:1-4

Se Satanás não consegue nos atrapalhar com tentações que visa nos mostrar as coisas boas que perdemos na obediência à Palavra de Deus, ele vai tentar nos atrapalhar com tentações que visa mostrar as próprias bênçãos de Deus como motivos de não obedecer Deus

D. Achar-mos que as Bênçãos de Deus são Motivos para Cruzarmos os Braços

1. TENTAÇÃO

Satanás assume um dialogo conosco dizendo suavemente: “Sabe, por Cristo realmente vocês têm coisas gloriosas. A justificação de toda a condenação para toda a eternidade; a preparação de moradas no céu; o cancelamento da ira de Deus; o cumprimento de toda a lei; a intercessão de Cristo ao seu favor; a possessão pessoal e eterna do Seu Espírito. É realmente bom demais! Portanto, porque orar e desgostar do pecado? Porque trabalhar e sofrer aqui na terra? Porque passar nos problemas, nas aflições, nas perseguições agora quando tudo já está feito e seguro? Deixe de obedecer tão seguramente. Você terá as bênçãos da mesma maneira.”

Será que foi isso que aconteceu com a igreja de Laodicéia (Apoc 3:15-17)?

2. SOLUÇÕES

a. Lembrar-se que junto com as bênçãos de Deus há as suas responsabilidades.

  • I Cor 6:19,20, “comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus”
  • I Cor 15:57,58, “a vitória…sede firmes e constantes … na obra.”
  • Efés 2:10, “criados em Cristo Jesus para as boas obras”
  • I Ped 2:9, “vós sois a geração eleita…para que anuncieis as virtudes dAquele que vos chamou”
  • Temos responsabilidades: Gal 6:9, “E não nos cansemos de fazer bem”;
  • I Tess 5:12-22; Heb 10:24,25; Mar 12:30, “Amarás o Senhor….”

Obs.: Não basta apenas estar consciente das responsabilidades, ou fazê-las mais ou menos, mas, se não quisermos ser enganados pelas táticas de Satanás, as responsabilidades devem ser cumpridas de todo o coração. Assim, lembrando-nos das responsabilidades a serem cumpridas encontramos uma solução para a tentação.

b. Cristo torna cada vez mais intimo ao obediente.

Temos as bênçãos, e nada vai tira-las de nós, pois são asseguradas por Cristo. Mas a confiança, a certeza e a satisfação pessoal da nossa salvação, só vem pela obediência.

  • I João 3:10, “Nisto são manifestos…”
  • I João 2:4-6, v.5, “Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele.” (I João 1:6,7).
  • Fil. 4:8,9, “O que … aprendestes, …isso fazei; e o Deus de paz será convosco.”

c. Obediência faz de nós um testemunho vivo para os de fora.

  • II Cor 4:3, “se o nosso evangelho está encoberto, para os que se perdem está encoberto.”
  • lMat. 5:13-16
  • I Ped 2:15, “fazendo bem, tapeis a boca … dos homens insensatos;”
  • I Ped 3:16, “fiquem confundidos … do vosso bom porte me Cristo.”

As bênçãos de Deus são reais e dadas a nós por Cristo. São motivos para obedecermos a Deus zelosamente. Pela obediência recebemos mais bênçãos tanto no interior de nossos corações para com Deus, quanto diante do mundo sendo um exemplo do que Deus pode fazer para com um pecador. As bênçãos que temos em Cristo, nunca são razões para não estarmos firmemente obedientes ao nosso Deus mas, pelo contrario, estimulam-nos ao temor que se expressa em obediência amorosa.

Published inNão ignorando os seus ardisVida cristã

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!