Skip to content

Discípulos que Pensam

 Deve constar em algum livro best-seller sobre liderança: quando alguém duvidar da sua capacidade como líder, nunca – mas nunca mesmo – permita que essa dúvida espalhe aos outros.
 
É por isso que fico maravilhado com João 6.67. Uma grande multidão se ofende com as palavras de Cristo e desiste de segui-lo. Não foi apenas uma família ou outra. Não foi metade dos seguidores. Foi a maioria. Voltaram para trás.
 
Sejamos honestos: a opinião popular mexe com a gente. Sentimos sim abalados quando a maioria das pessoas desistem de confessar aquilo que confessamos.
 
E o que Jesus faz perante esse êxodo de seguidores? Essa parte é tão legal: Ele olha para os poucos discípulos restantes e pergunta, “Quereis vós também retirar-vos?
 
Cara, é demais. Tipo, é a pior coisa que um líder poderia dizer nessa situação. Mas Jesus não é mero líder. É Deus.
 
E Deus deseja que seus adoradores saibam o POR QUE estão adorando. Jesus deseja que seus discípulos parem e pensem sobre porque estão nesse caminho.
 
Percebeu como Jesus Cristo não resolveu a crise de dúvida dos discípulos? Antes, Ele planta a pergunta nos seus corações: “Porque estou aqui? Porque não desisto agora mesmo?
 
A pergunta que Ele faz é brilhante porque a única forma de responde-la é fazendo alguma afirmação acerca de Cristo. Quem se retira, nega que Jesus é o Messias prometido, o próprio Filho de Deus. Quem permanece, confessa que Jesus é mais do que um mero rabino; é o Rei dos reis.
 
Ou seja, ainda que a pergunta se refere a uma ação dos discípulos, o objetivo da pergunta não é a ação em si. O objetivo é a reflexão sobre quem é Jesus Cristo.
 
E a resposta de Pedro é cansada mas cristalina: “Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.
 
Para quem iremos nós que é igual a ti? Que entrega sua vida por amor aos pecadores? Que é Mediador entre Deus e os homens? Que tem compaixão de mim pecador? Que perdoa o endemoniado, o malfeitor na cruz, e a adúltera? Nossa alma está inquieta, e insatisfeita com o brilho desse mundo. Temos sede pela verdade mas medo de ser julgado por ela. Aonde está a esperança e salvação?
 
Para quem iremos nós?
 
E a voz de Jesus soa pela eternidade: “As palavras que eu vos tenho dito são espirito e vida.” Ele é a Verdade e a Vida. Ele tem as Palavras da Vida Eterna. Não há outro, porque não há outro Deus. E portanto, em nenhum outro há salvação. 
Published inVida cristã

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!