Skip to content

Uma Esposa Fiel

Há alguns dias, meu marido escreveu um artigo sobre ser um esposo fiel, e eu fiquei pensando sobre o que é ser uma esposa fiel. Ser esposa do meu marido é uma das grandes alegrias da minha vida, mas eu tenho muito a aprender. Assim como meu marido, apresento alguns conceitos, porém de maneira mais breve.

1. Uma esposa fiel é uma cristã fiel – Isso significa que ela reconhece seus pecados contra Deus como seu maior problema , e o amor de Cristo que O levou a viver e morrer por ela é o seu maior tesouro. Ela é uma mulher tão amada por Deus que Lhe ama em troca e deseja fazer tudo o que Ele mandou. Assim, sendo amada por Deus, ela é livre para ser uma esposa fiel ao seu marido ao invés de exigir que seu esposo lhe ame do jeito que ela gostaria de ser amada. O amor de Deus faz com que ela seja a esposa que Deus lhe ordenou ser.

2. Uma esposa fiel é auxiliadora do seu marido.

E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma adjutora que esteja como diante dele”. (Gênesis 2:18).

Depois de Deus, seu dever neste mundo é seu marido e o lar que constroem juntos. Assim, ela deve usar suas palavras, seu tempo e ações para edificar, animar e apoiar seu esposo, para ajudá-lo com o chamado de Deus. Ela pode fazer isso primeiramente em casa, mas também pode fazer trabalhando fora ( como vemos em Provérbios 31 -uma mulher compra uma propriedade rural e vende roupas). Mas o primeiro dever da esposa é o seu marido.Ele é sua principal prioridade depois de Deus, e quando seu esposo percebe que tem essa importância para ela, ele facilmente confia nela. Ela só quer seu bem, em tudo o que diz e faz, e não o mal, sendo que ”bem” significa Deus declarar a Sua Palavra.

3. Uma esposa fiel respeita o esposo. Deus diz para as mulheres respeitarem os maridos. (Efésios 5:33) Respeitar o marido significa honrar seus desejos, pensamentos, opiniões , trabalho e conquistas. Uma esposa cristã aprende a respeitar o esposo confiando em Jesus, que morreu pelos seus pecados para lhe dar vida eterna. E Ele diz para ela respeitar o marido. Ela crê que fazer o que Jesus diz é para o seu bem – mesmo se seu marido age de modo que não merece respeito. Eu não quero dizer que uma esposa deve tolerar um comportameto pecador. O que eu quero dizer é que a piedade ou impiedade do marido não tem nada a ver com a obediência da esposa à ordem de Deus ”respeite seu marido” (Efésios 5:33). Nada do que seu marido faça deve impedi-la de falar e agir respeitosamente. E se seu esposo agir desonradamente, ela deve conversar com ele de modo respeitoso, não comprometendo a verdade enquanto confronta o pecado. Respeitar é fazer perguntas cuidadosas (não acusatórias), para que se tenha certeza de entender a situação e as opiniões do marido sem ir direto para conclusões, sem discordar de seus pensamentos antes de tê-los escutado atentamente, sem ser agressiva. É fácil para uma esposa cristã respeitar um esposo fiel. Mas, depois de Deus, uma esposa fiel pode respeitar um marido infiel sem comprometer a verdade ou justiça.

4. Uma esposa fiel é submissa ao marido – Deus diz: ”Mulheres, sujeita-vos a vossos maridos, como ao Senhor”. (Efésios 5:22).

Jesus dá essa ordem às mulheres por quem ele morreu e tirou do pecado e da miséria. Essa ordem vem do coração misericordioso de Deus, por amor a elas. Assim, a submissão de uma esposa é primeiro uma submissão ao Senhor Jesus Cristo. Uma esposa fiel aprende a se submeter a um esposo infiel crendo que Jesus a ama, quer seu bem, e só lhe dá boas ordens. Sua submissão ao Senhor lhe faz forte para representar Deus, contra toda a injustiça e falsidade, até mesmo para se opor ao marido se ele continuar pecando. Submissão não significa se acomodar com uma atitude prejudicial. Ao contrário, significa honrar a Deus e se submeter a Ele, mesmo acima do marido. A submissão a Deus faz a esposa humilde para submeter sua vontade ao marido em todas as coisas que não façam parte do pecado.

5. Por fim, uma esposa fiel expõe os ensinamentos de Jesus ao seu marido. Ela compreende que o Senhor Jesus a perdoou por causa de seus grandes pecados contra um Deus perfeito e infinitamente sagrado. A graça do evangelho significa que ela pode perdoar seu esposo de coração, por seus pequenos pecados contra ela. Ela entende que Deus a trata com justiça, mesmo se ela não for justa, somente por Cristo e Sua justiça. Isso faz com que ela trate seu marido como se ele fosse justo, mesmo quando não é . Ela sabe que Deus em Cristo a amou, mesmo quando ela não foi amável, e isso permite que ela ame seu esposo mantendo as ordens de Deus em relação a ele, mesmo quando ele é desagradável. Ela conhece as palavras preciosas de vida que Deus falou para ela por causa de Jesus: perdão, justo, amado, família, amigo e então, ela usa sua boca para falar palavras do evangelho para seu marido lembrando a ele do amor de Jesus e da esperança de um mundo melhor. ”Abre a sua boca com sabedoria, e a lei da benficiência está na sua língua”. (Provérbios 31:26). Conhecer Cristo de um modo pessoal é a única maneira de ser uma esposa fiel, respeitosa, auxiliadora e submissiva como Deus a chamou para ser ao seu marido.


Tradução graciosamente feita por Izabela Morgado
Fonte: founders.org

Published inFamília

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!