Skip to content

Pergunta 85 – O que se requer para se receber dignamente a Ceia do Senhor?

85. Pergunta. O que se requer para se receber dignamente a Ceia do Senhor?

Resposta. Requer-se daqueles que desejam participar dignamente da Ceia do Senhor, que se examinem para saber se discernirem o corpo do Senhor certamente (1), a sua fé (2), arrependimento (3), amor (4), obediência (5), a fim de que participando indignamente comam e bebam condenação para si (6).

85.1. I Coríntios 11:28-29, “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.”

85.2. II Coríntios 13:5, “Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que para já estais reprovados.”

85.3. I Coríntios 11:31, “Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados”

85.4. I Coríntios 11:18-20, “Porque antes de tudo ouço que, quando vos ajuntais na igreja, há entre vós dissensões; e em parte o creio. E até importa que haja entre vós heresias, para que os que são sinceros se manifestem entre vós. De sorte que, quando vos ajuntais num lugar, não é para comer a ceia do Senhor.”

85.5. I Coríntios 5:8, “Por isso façamos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da malícia, mas com os ázimos da sinceridade e da verdade.”

85.6. I Coríntios 11:27-29, “Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor.”

Se Preparando para A Ceia do Senhor – “Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice”, I Co 11.28

Para tomar a Ceia do Senhor dignamente convém se prepara antes. Como o pão e o fruto da vide foram preparados antemão assim devemos preparar nossos corações para tomar a Ceia do Senhor .

Preparamos-nos para a Ceia do Senhor quando julgamos a nossa consciência diante de Deus. É uma inquisição espiritual quando procuramos esquadrinhar o nosso coração junto a Palavra de Deus (Sl 77.6, “De noite chamei à lembrança o meu cântico; meditei em meu coração, e o meu espírito esquadrinhou”).

É bom examinar-nos a nós mesmos com a Palavra de Deus pois é um dever imposto, “Examine-se, pois, o homem a si mesmo”. Como a páscoa não era para ser comida crua (Ex 12.9) assim devemos chegar à Ceia do Senhor com examinação preparatória dos nossos corações.

É bom examinar-nos a nós mesmos com a Palavra de Deus pois disso o homem velho detesta. O exame particular com a Palavra de Deus é contrario aos desejos da carne. A auto-examinação mostra sujeira particular e isso não desejamos admitir. É saudável opor à carne. Mortificação da carne facilita que andemos no Espírito (Gl 5.16, “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne”). Se subjugar a carne enquanto se busca alimentar o espírito, a vida cristã torna mais íntima com o Salvador. Nisso entendemos que é bom nos examinar a nós mesmos antes de tomar a Ceia do Senhor.

É bom se examinar antes de tomar a Ceia do Senhor pois auto-examinação é necessitada. Existem muitos falsos professos no mundo cristão de hoje (“Muitos me dirão naquele dia …”, Mt 7 22). Sem uma auto-examinação que faz-se réu descoberto diante de Deus para Ele escrutinar nossos interiores com a Palavra de Deus podemos nos engana a nós mesmos naquilo que é mais severo: a eternidade sem a Sua graça ou presença misericordiosa. Por isso é bom se examinar antes de tomar a Ceia do Senhor. De outra forma comemos e bebemos indignamente e isso não é proveitoso (I Co 11.27-32).

É necessário nos prepararmos espiritualmente previamente pois pretendemos comer “deste pão”, que é excelente. É o pão da Ceia do Senhor, portanto “deste pão” é “do Senhor”. “Deste cálice” é aquele cálice que é perfumado com o amor sacrifical “do Senhor”. Antes de manejar aquilo que representa o Salvador imaculado e Seu sangue precioso, convém verificar se comemos de mãos limpas e bebemos com vida santa.

É necessário pois Deus vai nos examinar. Foi uma pergunta triste quando Jesus indagou: “Amigo, como entraste aqui, não tendo veste nupcial?” (Mt 22.12). É sábio nos indagar agora quando há tempo, aquilo que Deus vai indagar no futuro quando não terá mais tempo para se preparar. Reconhecer e se arrepender dos pecados ocultos é difícil, mas necessário. Com fogo o Cristão terá suas obras julgadas (I Co 3.11-15) mas a alma lavada no sangue de Cristo será salva. Leve esse fogo de auto-examinação já ao seu seio! Tenha este sangue cobrindo a nudez e vergonha dos seus pecados antes que seja descoberto diante de todos! Quando o cristão é examinado a graça de Deus se manifesta melhor e conforta-o. Todavia, ai daquele que se examine e não se acha a graça de Deus confortando-o! Portanto é bom nos examinar pois Deus vai examinar todos, e também por causa do conforto que tal sondagem traz ao coração – Thomas Watson.

Versículo para Memorizar: Is 53.5, “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.”

Compilado pelo Pastor Calvin Gardner
Correção gramatical: Edson Elias Basílio, 04/2008 e
Robson Alves de Lima 11/2011 Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

Published inBíbliaCatecismo de C. H. Spurgeon

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!