Skip to content

Pergunta 84 – A Ceia do Senhor é aberta, restrita ou ultra-restrita?

84. Pergunta. A Ceia do Senhor é aberta, restrita ou ultra-restrita?

Resposta. Ultra-Restrita. A Ceia do Senhor é uma ordenança da igreja local, e Jesus instituiu a primeira Ceia ultra-restrita (1); restrita aos batizados corretamente (2); restrita à conformidade doutrinária (3); e, a disciplina da igreja exige a Ceia ultra-restrita (4); por isso deve ser observada somente pelos membros fiéis da igreja batista local e visível que está administrando-a.

84.1. Mateus 26.26-30, “E, quando comiam, Jesus tomou o pão, e abençoando-o, o partiu, e o deu aos discípulos, e disse: Tomai, comei, isto é o meu corpo. E, tomando o cálice, e dando graças, deu-lho, dizendo: Bebei dele todos; porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos para remissão dos pecados. E digo-vos que, desde agora, não beberei deste fruto da vide, até aquele dia em que o beba novo convosco no reino do meu Pai. E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras.” João 13.30, “ E, tendo Judas tomado o bocado, saiu logo. E era já noite.”

84.2. Atos 2.41-42, “De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas, E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.”

84.3. Romanos 16.17, “E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles.”

84.4. I Coríntios 5.11-13, “Mas agora vos escrevi que não vos associeis com aquele que, dizendo-se irmão, for devasso, ou avarento, ou idólatra, ou maldizente, ou beberrão, ou roubador; com o tal nem ainda comais. Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? Mas Deus julga os que estão de fora. Tirai, pois, dentre vós a esse iníquo.” (Suplementado por David A. Zuhars, Jr.).

Ceia Ultra-Restrita? De uma carta recebida pelo e-mail lamentando a nossa posição de uma ceia ultra-restrita. O Pastor Calvin responde:

Se entende que a igreja é igual a família de Deus, terá dificuldade mesmo com os estudos que tratam este assunto importante na Bíblia.

Se entende que a aceitação por Cristo na salvação é igual a ser parte de uma igreja neotestamentária, terá problemas sérios com o raciocínio da Bíblia neste assunto da igreja.

Deve ser entendido do começo que a salvação e membro de uma igreja verdadeira são posições distintas.

A salvação é para todos e quaisquer que venham a crer em Cristo sendo regenerados pelo Espírito Santo pela Palavra de Deus. Porém, a qualidade de ser ajuntado a uma igreja verdadeira é somente para aqueles que foram batizados conforme o padrão neotestamentário.

Para entender essa diferença veja Atos 2.40-43. Quem foi “agregado” na igreja? Não foram os que de bom grado receberam a Palavra? Quando foram agregados? Não foi somente depois de serem batizados?

O ladrão na cruz foi salvo, mas não foi batizado e, portanto, não fez parte de nenhuma igreja na terra. Uma clara lição que a salvação e a qualidade de membro de uma igreja verdadeira são posições distintas.

Os exemplos dos salvos do Velho Testamento poderiam ser examinados neste respeito também. Foram salvos por Cristo, mas não faziam parte de nenhuma igreja neotestamentária.

A ceia do Senhor é uma ordenança da igreja local, não um direito de todos que pensam que são bons Cristãos independentemente da igreja.

As instruções sobre a ceia em I Co 11 são instruções aos membros da igreja local em Corinto. Os membros de uma igreja verdadeira local têm direito a ceia que é administrada na sua igreja. Voltando ao texto em Atos 2.40-43 perguntamos: Quem participou no …. “partir do pão” ? Não foram somente os que foram salvos e batizados naquele ajuntamento?

E por falar de limitar a ceia para alguns em particular, notamos o caso da instituição da ceia por Jesus Cristo e as instruções nesse respeito em I Co 5.11-13.

No dia da instituição da ceia Cristo NÃO convidou todos os Cristãos presentes em Jerusalém. A sua mãe, Nicodemos, Zaqueu, José de Arimatéia, e muitos outros NÃO foram convidados à primeira ceia mesmo que eram convertidos. Cristo fez essa distinção.

A igreja foi composta pelos apóstolos primeiramente (Ef. 4.11; I Co 12.28) e foram somente estes que participaram daquela primeira ceia. Mas os que não foram convidados não foram considerados menos salvos em nenhuma maneira.

Nos ensinos à igreja local em Corinto (I Co 5.11-13) uma distinção é feita limitando com quem devemos comer. Não devemos comer com aquele que, dizendo-se irmão, é um devasso, ou avarento, ou …. Sim, os da igreja devem julgar os que estão dentro.

Se o amado viesse a minha igreja no dia da ceia o amado não poderia participar conosco não por nós duvidarmos que você fosse um verdadeiro irmão, mas por nós não conhecermos o seu testemunho público. Não julgamos os de fora pois Deus os julga, mas, os de dentro temos responsabilidade de julgar (I Co 5.12,13). Isso não deve ser interpretado como partidarismo mas responsabilidade com as ordenanças que Deus deu às igrejas locais dEle.

A ceia não salva ninguém, mas é somente para aqueles com as suas vidas em ordem naquela igreja neotestamentária que está administrando ela. Há milhões de salvos na terra que não tomam a ceia numa igreja neotestamentária que vão comer a ceia no céu.

Não procuro interpretar a Bíblia particularmente pois eu creio que Ela se interpreta a si mesma. Somente falo e defendo o que Ela diz em toda parte dela. Peço que o amado preste atenção às diferenças da natureza de uma igreja local e a salvação. A Bíblia mostra muitas diferenças.

Versículo para Memorizar: Is 53.5, “Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.”

Compilado pelo Pastor Calvin Gardner
Correção gramatical: Edson Elias Basílio, 04/2008 e
Robson Alves de Lima 11/2011 Fonte: www.PalavraPrudente.com.br

Published inBíbliaCatecismo de C. H. Spurgeon