Skip to content

Estudo sobre Gênesis 23

[Índice]

INTRODUÇÃO

A Bíblia nos alerta muitas vezes para a realidade da morte. Deus está muito interessado e atento para a morte do Seu povo [Salmo 116:15]. A morte não é uma coisa desagradável, mas antes um tema proveitoso para a meditação do filho de Deus. A salvação nos liberta do medo da morte [Hebreus 2:15]. A morte conduz o santo para a presença de Deus [Filipenses 2:21-23]. A lembrança da morte faz o Cristão lembrar da importância das coisas espirituais.

I. UM RELATO SINGULAR – VERSÍCULOS 1-2.

Sara é a única mulher cuja morte, enterro e mesmo a idade é apurada extensivamente nas Escrituras. Ela é a “Maria” do Velho Testamento e a mãe dos fiéis [I Pedro 3:1-6].

II. UM LUGAR PARA O FUNERAL – VERSÍCULOS 3-16.

Não podemos deixar de notar a maneira refinada e a cortesia de Abraão. A oferta de Efrom [vers.11] pode ter sido mera cortesia, e não deveria ser levado a sério. Tais métodos de negócios são feitos em algumas partes do mundo. Quando Efrom mencionou o preço, Abraão pagou sem pechinchar, e obteve um lugar para servir de sepulcro à sua família.

Vejamos agora as várias lições que podemos tirar deste episódio:

A. A morte vem para todos. Nem mesmo os filhos de Deus estão isentos.

B. A morte encerra as nossas obrigações para, e as influências sobre a alma do indivíduo. Abraão estava interessado em enterrar o corpo de Sara, e não em fazer cerimônias ou orar pela sua alma. Todas as tentativas de beneficiar o falecido nada mais são do que superstições. A morte sela o destino da alma e leva a pessoa para o céu ou para o inferno.

C. Os adoradores de Deus têm sempre tratado o corpo do ente querido falecido com amor e respeito. Cristo morreu para remir tanto a alma quanto o corpo, e ambos são de Sua propriedade. O corpo é enterrado na esperança da futura ressurreição [I Coríntios 15:42-44].

III. ENTERRO EM CANAÃ – VERSÍCULOS 17-20.

Deus prometeu a Abraão e a sua semente a terra da Palestina. Abraão morreu sem recebê-la, mas ele sabia que a promessa era certa [Hebreus 11:13]. O fato de Abraão comprar um campo parece indicar não somente a necessidade de um lugar para enterrar seus familiares, mas também o seu desejo de obter um pedaço de terra em Canaã. Este foi o único pedaço da terra de Canaã que ele possuiu durante toda a sua vida. Ele tinha a intenção de ser enterrado na terra que ele e a sua semente herdariam [Gênesis 25:7-9]. Na ressurreição ele vai ressurgir e reivindicar a promessa.

Published inGuia de estudo para Gênesis

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!