Skip to content

Anexo – O número de animais

[Índice]

Nestes versículos estão contidas as instruções para a preservação dos animais na Arca. Um macho e uma fêmea de cada espécie eram para ser trazidos à Arca, “para os conservar em vida”. O alvo era específico: “dois de cada espécie”. Deus tinha um propósito para cada espécie que foi criada, sendo assim Ele pretendia que todas as espécies fossem preservadas através do dilúvio. Em adição a esta regra geral, foram acrescentados sete animais de cada espécie considerados como “limpos” (fica evidente que eles seriam para uso doméstico e para o sacrifício) que deveriam ser colocados a bordo [7:2].

A maioria dos animais era de pequeno porte, então a tarefa não era impossível. Autoridades em taxonomia biológica estimam que tem menos do que dezoito mil espécies de mamíferos, pássaros, répteis e anfíbios vivendo hoje no mundo. Este número poderia ser duplicado para englobar os conhecidos animais terrestres extintos (isto é, aqueles reconhecidos através dos fósseis atuais, não aqueles de transição e forma imaginária, e que nunca existiram, exceto na mente dos evolucionistas). Admitindo então dois de cada espécie, poderia haver um total aproximado de setenta e dois mil animais na Arca, digo setenta e cinco mil, para admitir os cinco animais extras em cada espécie de animal “limpo”.

Como vimos anteriormente, a Arca poderia comportar até cento e vinte e cinco mil ovelhas, e sendo que a média de tamanho da maioria dos animais terrestres é certamente menor do que uma ovelha, é óbvio que não mais do que 60% de sua capacidade seria utilizada pelos animais. Realmente, seria menos do que isto, pois é muito provável que a “espécie” bíblica seja consideravelmente mais ampla do que a arbitrária categoria de “espécies” da moderna biologia.

Havia alguns animais considerados como grandes (elefantes, dinossauros, girafas, etc.) para serem carregados para a Arca, mas houve muito mais animais de pequeno porte (ratos, pintarroxos, lagarto, rãs, etc.). Os grandes animais provavelmente foram representados como filhotes (portanto pequenos), pois eles ficaram um ano no interior da Arca sem se reproduzirem, e então saíram para repovoar a terra.

Deste modo, as dimensões da Arca parecem ideais e apropriadas para os animais que ela carregaria. Havia, é claro, um lugar amplo para aproximadamente um milhão de espécies de insetos (muitos deles poderiam sobreviver fora da Arca), para comida dos animais, para acomodações de Noé e sua família e para outros propósitos que se fizessem necessários.

________

Morris, p. 185.

 

Published inGuia de estudo para Gênesis

Receba nossos informativos!

Cadastre seu e-mail para receber nossas novidades:

Obrigado. Cadastro efetuado com sucesso!