Skip to content

Capítulo 8: O dom de curar doenças

[Índice]

Os dons extraordinários cessaram quando o Novo Testamento foi escrito. Agora temos a Bíblia completa (Velho e Novo Testamentos) para autenticar e validar o Evangelho, a Igreja do Senhor Jesus Cristo e a verdade. Não precisamos mais os dons extraordinários. Se isto é a verdade, e é, porque os pentecostais e os carismáticos ainda dizem que eles têm estes dons? A resposta é óbvia.

E isto inclue o dom de curar a doença também. Agora veja o que a Bíblia fala: “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados”. (Tiago 5:14-15) Nestes versículos podemos ver o que o Senhor usa para curar os doentes. Oração – orar ao Senhor e confiar nEle. Remédios e médicos (ungir com zeite) – Deus os deu para nosso bem. Esperança – nossa esperança de saúde está em Deus.

Aqueles que dizem que têm o dom de curar estão interessados no dinheiro e fama, não no bem dos doentes. Também as pessoas gostam de emoção e excitação. Se quiser uma multidão de seguidores é preciso somente prometer para as pessoas saúde e prosperidade. Os falsos profetas estão servindo os seus próprios interesses. “E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples”. (Romanos 16:17-18)

AQUELES QUE CURAM – FALSOS PROFETAS

Engano.

Se Deus permitir, até os eleitos do Senhor seriam enganados por Satanás, mas Deus não permite. “Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos”. (Mateus 24:24)

Estes falsos profetas que dizem que têm o poder de curar doença não estão enviados por Deus. No passado Deus falou que não enviou os profetas que não falaram a Palavra de Deus. “E disse-me o Senhor: Os profetas profetizam falsamente no meu nome; nunca os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei; visão falsa, e adivinhação, e vaidade, e o engano do seu coração é o que eles vos profetizam.”(Jeremias 14:14) “Não mandei esses profetas, contudo eles foram correndo; não lhes falei, contudo eles profetizaram”. (Jeremias 23:21) Então, se não fosse Deus que enviou estes falsos profetas, quem foi que enviou. É óbvio, foi o maligno.

É a mesma coisa ainda hoje em dia. Deus não enviou aqueles que não pregam a verdade da Palavra de Deus, mas que negam até as doutrinas mais fundamentais dEla. “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores. Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos? Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus. Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons. Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo. Portanto, pelos seus frutos os conhecereis”. (Mateus 7:15-20) “Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras”. (II Coríntios 11:13-15)

Satanás é que os enviou. Como é que sabemos que não são de Deus? A Bíblia diz: “pelos seus frutos os conhecereis”. Então, podemos conhecer os falsos profetas pela sua doutrina e pela sua prática. Porque a doutrina e a prática deles não combinam com as Sagradas Escrituras. A Palavra de Deus diz que estes dons já cessaram e eles dizem que ainda estão fazendo. Portanto, a conclusão só pode ser que não são enviados por Deus. Somente tem uma maneira de julgar corretamente se alguém é enviado por Deus, pela Palavra de Deus. “À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles”. (Isaías 8:20)

Não é suficiente dizer que eles fazem milagres, porque também Satanás faz maravilhas (no Egito na época de Moisés – o anticristo na tribulção). Satanás é o Grande Falsificador. Terão no inferno os enganados que fizeram marailhas. “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade”. (Mateus 7:21-23)

A prova se é de Deus ou não, não são os sentimentos e emoções, mas a Palavra de Deus. Por isso, temos que rejeitar estes falsos profetas. “Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, Perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais”. (I Timóteo 6:3-5)

Amor.

O primeiro fruto na lista do fruto do Espírito Santo é amor. “Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. Contra estas coisas não há lei”. (Gálatas 5:22-23) Pode provar uma doutrina ou uma pessoa por este amor que é o fruto do Espírito Santo? Com toda certeza! Aquela pessoa que conta falsidade, ama os outros? Um amigo mente para o seu amigo de verdade? Engana? Dar para uma pessoa uma esperança falsa é deste amor? Esta é uma coisa muito cruel, dá uma esperança falsa ao outro. É isto que o falso profeta faz.

Dinheiro e fama.

Estes são os motivos destes falsos profetas em fazer a sua obra. O que aconteceria se não tivesse o dinheiro e a fama para eles? Tudo pararia logo. Eles pregam e praticam heresia para receber. Não é uma novidade isto. É a verdade durante muito tempo já. Veja que a Bíblia fala.

“E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte”. (Isaias 56:11)

“As fracas não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza”. (Ezequiel 34:2)

“Os seus chefes dão as sentenças por suborno, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao Senhor, dizendo: Não está o Senhor no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá”. (Miquéias 3:11)

“Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples”. (Romanos 16:18)

“Os quais convém tapar a boca; homens que transtornam casas inteiras ensinando o que não convém, por torpe ganância”. (Tito 1:11)

Vejamos as curas dadas por Deus.

“E, PASSANDO Jesus, viu um homem cego de nascença. E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Jesus respondeu: Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus”. (João 9:1-3)

As curas feitas por Deus na Bíblia foram feitas para demonstrar o poder de Deus, não o poder dos homens. Elas foram feitas para glorificar Deus, não os homens. Elas foram para o louvor e glória de Deus, não para o louvro e glória dos homens. Agora hoje em dia estes falsos profetas recebem muito louvor e glória dos homens até ao ponto que são quase reconhecidos como sendo divinos e adorados. Veja o que diz em João 11:4: “E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela”.

As Curas não Fazem Parte do Evangelho.

Estes falsos profetas pregam que Jesus Cristo morreu para salvar do pecado e de curar os efermos agora nesta vida presente. Eles dizem por isso que não é a vontade de Deus para o crente ficar doente. Eles usam Isaías 53:4 para tentar provar isto. “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido”. (Isaías 53:4) Este versículo fala da salvação do pecado e da condenação por causa do pecado. Pode ver que esta é a verdade pelo contexto deste capítulo.

No Novo Testamento os crentes ficaram doentes e morreram. Deus falou com o Apósotolo Paulo que não era a vontade dEle para Paulo ficar bom. (II Coríntios 12:7). Também fala de outro irmão que Paulo deixou doente e não o curou. (II Timóteo 4:20) Timóteo tinha efermidades, porque Paulo não o curou? (I Timóteo 5:23) Entao, não era e não é a vontade de Deus para os crentes sempre ficar com saúde.

Paulo nos deu o Evangelho em I Coríntios 15:1-4 e não fala que vamos ficar livres da doença agora nesta vida presente. Mas, diz que somos salvos por Cristo dos nossos pecados.

Com certeza vamos ser livres de toda a doença e fraqueza física quando estamos lá nos céus com Cristo. Mas, não vai ser agora. “Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas”. (Filipenses 3:20-21) “E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas”. (Apocalipse 21:4)

Considere as curas modernas dos pentecostais, e note:

As Curas Não São como as Curas do Novo Testamento

As curas feitas pelos homens hoje em dia não são como as curas feitas por Deus no tempo do Novo Testamento. As curas de hoje em dia são de pessoas que têm efermidade invisível; dor de cabeça, dor de barriga ou de uma coisa que ninguém pode ver e confirmar que é doença. Cadê a cura dos cegos, dos aleijados, dos surdos e etc? Quem agora hoje em dia está ressuscitando os mortos? Sei que eles dizem que ainda está acontecendo tudo isto, mas sempre em lugar distante, lá no fim do mundo onde ninguém daqui viu nem presenciou. Somente diz que aconteceu lá longe daqui e toma a palavra de alguém sem prova nenhuma. Mas, Jesus Cristo e os apóstolos fizeram as curas publicamente na frente dos homens para todos ver sem dúvida nenhuma.

Também as curas feitas no Novo Testamento não eram parciais, incompletas e mentirosas. Quando eles curaram os cegos, o cego recebeu a visão perfeita e até o cego de nacença. Quando eles curaram os aleijados, o aleijado saiu pulando e andando perfeitamente normal, não ainda se arrastando e coxeando. Quando eles curaram os doentes, o doente ficou com perfeita saúde e não continuou com a doença e não morreu na mesma hora nem no dia seguinte. Quando eles ressuscitaram os mortos, o morto ficou vivo e com perfeita saúde. Mas, agora nos nossos dias as curas destes homens são imperfeitas e incompletas. Na verdade, são falsificações das curas verdadeiras que Jesus e seus apóstolos fizeram.

Eles dizem que tenham os mesmos dons espirituais, mas ninguém está fazendo como Jesus e seus apóstolos fizeram. Porque? Não é a falta de querer da parte deles. Mas é porque não têm o poder para fazer! Porque estes dons já cessaram.

Eles dizem, tentando desculpar a sua fraqueza, que as curas são impedidas por causa da falta de fé da parte dos enfermos. Veja na Bíblia que a cura não foi feita sempre segundo a fé da pessoa. (Marcos 3:1-5, Atos 3:1-7) E a fé do defunto existe? Mas, ele foi ressuscitado. Os milagres e dons foram feitos pelo poder de Deus, não dos homens. Dizer que a cura não é feita por causa da falta de fé dos homens é só uma desculpa.

Muitos crêem que a saúde ruim do crente é porque o crente está fraco na fé, que perdeu a salvação ou que ainda não se converteu. Mas, isto é ridículo em vista de Paulo e dos outros irmãos que ficaram doentes que já foram falados. Às vezes é a vontade de Deus que o Filho de Deus fica doente. Às vezes é a correção de Deus do seu Filho. (Hebreus 12:5-15) Às vezes Deus está ensinando ou aperfeiçoando e santificando mais o Seu filho nas coisas de Deus. Observe que Paulo falou: “Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte”. (II Coríntios 12:10) Deus faz a Sua vontade nos Seus filhos através das coisas assim pelo Seu poder. “E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. (II Coríntios 12:9)

Published inDons espirituais ou extraordinários